A Torre e o mal humano

O arcano da Torre nos pede para largar controle, medos, críticas e, principalmente, o orgulho. É como se o muro de negatividade do Diabo, com crenças construídas por anos, tivesse nos encerrado dentro de uma torre, nos isolando do resto do mundo.

Neste “universo”, quase paralelo, onde acreditamos que estamos certos em nossas decisões, enquanto os demais nos alertam que estamos equivocados, não vemos o abismo, mas caminhamos para ele. Estamos profundamente cegos em nossas crenças, auto-enganos erguidos de uma forma tão impenetrável, que nem enxergamos o que parece óbvio.

As vezes uma situação de orgulho ferido leva a Torre. Pode ser o fim de algo que não aceitamos que termine, como uma relação ou um casamento. O orgulho se atiça e nos leva para atitudes de negação. Negação da vida e dos sentimentos que um dia nutrimos pela pessoa que terminou a relação. Estamos com raiva e passamos a caminhar de uma forma aleatória, destrutiva, sendo perversos conosco e com os demais…

A Torre pode vir como um evento que destrói uma crença a qual nos apegávamos como algo certo e onde nos apoiávamos. Esse evento pode ser, além de um fim de um casamento, como já disse acima,  a demissão de um trabalho onde demos boa parte da nossa vida, uma mudança inesperada e radical da vida ou até a morte de alguém que era nosso ponto de apoio.

Mas o arcano da Torre pode surgir também apenas como uma dica: precisamos quebrar crenças sobre a vida e nós mesmos. Crenças que nos têm encerrado e encastelado em Torres, em lugares que nos afastam e nos escondem da realidade. A crença de que não se é capaz. A incapacidade pode surgir num sentimento de nos acharmos feios, inadequados, ou que os outros não gostam ou não nos suportam.

Com a Torre o apelo é extremo: é preciso seguir por outro fluxo. Pode ser um caminho difícil a princípio, porque o vento que cultivamos até aqui bate ao contrário. Às vezes, esse vento, é vendaval. Às vezes, é tempestade.

Mas cuidado com a espera em mudar, porque quando a Torre vem de forma categórica, normalmente nos arranca quase tudo que acreditávamos ter, e nos percebemos já vivendo na escuridão, na solidão de decisões equivocadas e de auto-enganos.

Apesar da dor da destruição que um Torre pode trazer para a nossa vida, esse ponto de partido pode ser positivo, nos mostra que não temos nada a perder, afinal provavelmente já perdemos algo que considerávamos valioso…

Então, agora, o esforço sincero nos levará a encontrar aquilo que estivemos buscando no lugar errado, vai nos ajudar a encontrar a nós mesmos sem mais subterfúgios ou mentiras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: