Seu estilo de ordem é colocar tudo debaixo do tapete?

A coerência é condição imprescindível para qualquer crescimento, seja ele espiritual, nas relações humanas, de trabalho e na relação consigo mesmo. Isso mesmo! Até conosco nos relacionamos. E muitas vezes de forma incoerente. É difícil se entender e estar em paz se a cada instante estamos mudando de ideia e andamos ao sabor do externo. Sem conseguir nos firmar numa ação ou numa forma de pensar. Estamos sempre querendo agradar alguém, por medo do que o outro possa pensar de nós.

Algumas pessoas, com medo que o outro se afaste, prefere se anular. Outros temem serem vistos como pessoas más e acabam posando de pessoas boas. Assim, fazem até o que não desejam para manter as aparências. Não é preciso ser grosseiro ou agressivo, mas é importante ser e expressar quem e o que conseguimos ser. Podemos até não gostar de nós mesmos, mas é importante admitir o próprio estágio.

Não cair na tentação de deixar que o desejo de uma ordem nos faça arrumar a casa e esconder a sujeira debaixo do tapete, ou defender o meio ambiente e jogar lixo no chão, ou entupir o mar de plástico. Dizer que é a favor da paz mundial, mas estar sempre irritadiço, agressivo, e nem conseguir fazer as pazes dentro de casa ou não conseguir reconhecer um erro e dar razão ao outro. O link entre a guerra (na Síria ou qualquer outro lugar) e a sua ação, é a sua capacidade de construir paz ao seu redor.

A coerência é uma linha espiritual, mas também de bom senso. Uma linha que costura ação, pensamento, sentimento e consciência. Então, se você é bom de dar conselhos e tem ideias incríveis, seja coerente, experimente primeiro e veja se dá certo com você, antes de passá-la adiante.

Se você julga o outro e o crítica dizendo que se estivesse na posição dele faria diferente. Faça um exercício: se coloque na posição do outro por inteiro, com a mesma família, experiências, felicidades, crenças e decepções, e veja, honestamente, o que você faria.

É sempre mais fácil dizer como fazer, do que levar a carga daquele que faz. A Justiça, o arcano e o arquétipo, nos julga de acordo com nossa consciência. É importante que consigamos fazer aquilo que dizemos que já somos capazes de entender. Será a partir desse ponto que nos será cobrado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: