Às vezes é preciso correr atrás do amor

Às vezes, o amor se instala aos poucos. Quando a gente percebe já aconteceu. Não adianta não querer, não adianta fugir... O amor pode surgir depois de encontros furtivos. Era apenas sexo, pode surgir de uma amizade. Pode até ser uma correspondência à distância. Não importa. Toda troca pressupõe um quinhão de amor.

Um relacionamento não é uma competição

Algumas pessoas vivem um relacionamento como se estivessem numa disputa. Quem vai dar a última palavra, quem tem razão, quem é o melhor. Quem lava mais pratos, quem cuida mais das crianças, quem coloca mais dinheiro em casa, quem é mais inteligente, quem diz mais vezes "Eu te amo"... Contabilizam tudo.

O poder lhe dá prazer?

O poder, o prazer, o dinheiro e o sexo andam de mãos dadas. É como se todos tivessem a mesma vibração. É possível que se você tem problemas com um, provavelmente, terá problemas com os outros. Cada um deles pode ser útil e é necessário na sociedade em que vivemos, mas em desarmonia e juntos constroem uma espécie de jogo de perdição.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑