Não seja como a manada em disparada

Não siga o fluxo! Não se deixe levar como palha ao vento! É importante manter a distância, a calma e a individualidade. Não se deixar levar pelo medo da violência, do terror, da doença, da morte, da insegurança pelo futuro. São tantos terrores que podem nos paralisar ou diretamente nos levar ao abismo.

O poder da meditação

A meditação é como um chamado. Um chamado sublime. É como se uma melodia tocada no plano superior, atravessasse o véu que separa os mundos. A música é ouvida primeiro pelo nosso corpo espiritual. Depois emoção, pensamento e corpo físico vão sendo, paulatinamente, tocados e voltam sua atenção para a melodia. Até que todos vão se sentindo preenchidos pelo som, que nos dá sentido, propósito e discernimento. Tudo parece claro.

Não coma todos os frutos

Na vida, nosso esforço dá frutos saborosos. Esses frutos podem vir na forma de realizações, descobertas, insights, recompensas e metas alcançadas. São aqueles momentos que estamos felizes, até somos tomados pela euforia. Não há nada de mal na alegria, o único problema é esquecer que o ciclo continua, assim como a vida. E se agora estamos em cima, num momento vibrante, estaremos embaixo logo em seguida, num momento mais introspectivo e de prováveis restrições. Assim é o ciclo.

É preciso construir um coração

O maior de todos os aprendizados é o amor. A Kabalah ensina que todos estamos aqui para aprender a amar e para desenvolver o coração. Todos nós acreditamos que temos um coração, porque o sentimos bater no peito. Mas o coração inteligente precisa ser desperto.

Você já silenciou até o pensamento?

Há pessoas que não conseguem ficar na companhia do silêncio, precisam sempre preencher o ambiente com palavras, gestos, ou colocando para dentro preocupações. Outros veem filmes, séries, assistem ao jornal, falam de política ou discutem a vida do vizinho. Qualquer coisa para não encarar um minuto a sós... consigo mesmo.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑