Algumas coisas não podem ser compradas

Chegamos ao arcano da Rainha de Ouros. Uma senhora voluptuosa, incrivelmente generosa e abundante. A Rainha de Ouros, ao contrário da Rainha de Alice no País das Maravilhas, não mandará lhe cortar a cabeça se você disser algo equivocado. Irá ao seu encontro, lhe pegará pela mão e lhe encherá de mimos, comidas e deleites.

Não escolha fazer só o que lhe dá prazer

Não escolha fazer só as tarefas que lhe dão prazer. Sinta prazer com qualquer das tarefas que lhe forem dadas. Busque ser diligente e aplicado até na mais monótona rotina Encare cada tarefa como um desafio heroico que precisa ser cumprido e lhe ajudará a construir sua passagem nesta vida. Seja como uma abelha que extrai o meu do seu trabalho diário.

Ninguém planeja diversão e espera o pior

Normalmente, as pessoas não se arrumam para ir para uma festa, ou planejam curtir as férias, esperando que venha a acontecer algo errado. Todos acreditam, e esperam, que o curso natural seja obedecido. Isto é, se foi planejado, ou está no cardápio diversão, será isso que será servido.

As obras permanentes na nossa vida

Nos sentimos realizados ao ver uma obra acabada. Um obra a qual dedicamos tempo, esforço, suor e muito amor. Às vezes, também, algumas marteladas no dedo, cortes, irritações e ansiedade. A mistura de tudo isso é algo como dar o sangue à obra. É emprestar à obra a nossa força vital, a energia da luta e do prazer da vida.

Agora você conquistou sua auto-aprovação

Imagine que você está em alto mar, rodeado de piratas. Andando numa prancha. Lá embaixo os tubarões espreitam e você está sendo instigado a pular. Não tem importância. Sua auto-confiança é tamanha que você tem certeza que nada lhe acontecerá. Ou algo mudará o curso das coisas.

É hora de ser aprendiz novamente!

Quantas vezes na vida teremos que recomeçar? A vida é feita de ciclos com etapas determinadas de começo, meio e fim. Nesses ciclos quem não estiver preparado para se readaptar, fica pelo caminho, engessado num formato, aprisionado no passado.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑