O mergulho interior

O mergulho interior é inevitável num caminho espiritual. Nessas águas interiores entramos em contato com medos, inseguranças, traumas, hábitos, crenças e padrões que foram estabelecidos no passado e que, muitas vezes, nem lembramos mais porque fazemos ou pensamos deste ou daquele jeito. Esse mergulho é a oportunidade de começar a desconstruir isto.

Polos dessa vida

É hora de entender que este mundo é feito de polos. Quente e Frio, Bem e Mal, Branco e Preto, Vida e Morte, Amor e Ódio, Razão e Emoção. É assim. Estamos aqui para aprender através destas diferenças e não é possível, aqui, neste plano, mudar isso. Mas podemos viver isto com uma outra qualidade.

Decifra-me ou te devoras

A Papisa ensina que é preciso se empolgar! Não podemos desanimar. A estrada é longa, e há muito a descobrir. Cada descoberta nos arremessa a novidades insuspeitas. O que se avizinha na escada de subida são maravilhas incontáveis.

O Anúncio

Nasrudin é um sábio sufi. Para mim a Papisa e ele têm muito em comum, na criatividade, irreverência e sabedoria. A viagem para dentro exige que o buscador aceite e queira fazer o esforço e o mergulho.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑