Não traia o que sente por causa de uma satisfação passageira

Nosso descontentamento pode nos levar a trair o que realmente acreditamos e queremos. A traição pode nos dar uma satisfação passageira, mas depois deixa um vazio ensurdecedor… Nem falo de traições sexuais, mas de traições emocionais…

Às vezes é algo simples. Por exemplo, combinamos não fazer algo, e por uma desconfiança, por orgulho, dúvida, porque ouvimos sentimentos de insegurança, acabamos quebrando o trato. Essas pequenas traições vão construindo um vácuo na relação. Mas esse, é um desejo oculto de ir mais fundo em quem nós somos de fato…

Mas falando da traição de um relacionamento… no fundo, ninguém é de ninguém, mas estabelecemos uma espécie de contrato num relacionamento e quando percebemos que o contrato não foi cumprido, nos sentimos traídos.

Quando traímos um sentimento, ou um acordo, antes de tudo, cometemos um ato contra nós. Esse ato nos obrigará a fazer um arco de autoconhecimento, se nos permitirmos a isto.

As vezes também suspeitamos do outro, temos dúvida do seu amor e lealdade. Mas nossa dúvida também pode nos levar a trairmos quem nós somos e o que queremos para nós.

Podemos passar a agir de uma forma ciumenta e mesquinha, ferindo e magoando quem nós queremos na verdade amar e abraçar… Desta forma quebramos mais uma vez o acordo inicial. Afinal, o acordo é mútuo. Um pode quebrar e o outro manter-se na integridade do amor e da conduta. Abrindo o momento para conversar, para entrar em contato com a verdade, dirimir desconfianças e até, quem sabe, estabelecer ajustes no contrato. Mas é preciso que os dois saibam e aceitem viver o que está acontecendo.

Contudo, pensando num nível mais profundo… Toda nossa desconfiança, na verdade, é um desejo de nos aventurar, de enxergar a verdade, de nos descobrir profundamente. Não importa quais dos papeis resolvemos fazer, aquele que trai ou o que é traído. Essa ânsia trazida pela desconfiança ou pela desejo que leva a traição, no fundo, no fundo, falam da mesma coisa.

Quem é leal? O que é traição? Há algo que não estamos enxergando, mas o que é? Não enxergamos o outro, ou nós mesmos? De onde vem nossa insatisfação? Qual é a verdadeira insatisfação?

Não é fácil falar sobre traição, a maioria das pessoas não entende o conceito que o traidor e o traído tem o mesmo aprendizado, muitas vezes. Os dois precisam ir mais fundo… Mas voltaremos ao tema mais adiante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: