Os malefícios… e benefícios do ciúmes (The hazards… and benefits of jealousy)

Os Relacionamentos podem causar ciúmes e raivas. Podem nos levar a reações nocivas na vida. Reações contra nós mesmos e contra as outras pessoas. Aprendi com @saatmaet que o ciúmes é um bichinho verde. Quando o estamos sentindo ele gruda na gente e deixa um rastro gosmento nas nossas ações.

O ciúme alimenta uma negatividade que não permite que possamos ir além. Ficamos numa roda vida de sentimentos e presos a desconfianças de de traições, possessividade, desconfiança. Acabamos gastando uma energia imensa tentando controlar o outro. Tudo devido a uma profunda carência, medo da solidão e insegurança.

Nosso foco está fora de nós e colocamos no desejo pelo amor, na atenção do outro, todo o sentido da vida. Queremos a completude, mas esse sentimento não está no outro. Ninguém fora de nós pode nos completar. Podemos encontrar companheiros e companheiras de jornada, mas sempre, SEMPRE, estaremos sozinhos em nossos pensamentos, sentimentos e nas decisões mais importantes da nossa vida. E isso não é ruim! Isso chama-se maturidade, crescimento, responsabilidade, ser capaz de definir o que se quer da vida e ser pro-ativo nas escolhas que são feitas.

Se dependermos do amor do outro, estaremos fadados a sermos escravos dos desejos e necessidades alheias. É preciso um pouco de egoísmo para subir um caminho espiritual para desenvolver o amor próprio. O egoísmo passa a ser nocivo quando apenas o meu desejo prevalece ou tudo acontece ou deve ser feito para o meu prazer.

Aprendi que o único benefício do ciúmes é nos acordar para o que sentimos pelo outro. Ele faz com que tenhamos consciência do amor que sentimos, ou de como o outro ocupa um lugar especial na nossa vida. Com essa consciência presente podemos agir de uma forma mais benéfica em relação ao outro. Podemos dizer do nosso amor, e até revelar o quanto ele é importante. Essa é uma forma de ao invés de olhar para a negatividade do ciúme, lembrar que ele desponta porque sentimos algo de bom em relação a outra pessoa.

Então, quando sentir ciúmes, uma forma de dissolvê-lo, é lembrar que ele existe por causa do amor. Devemos voltar nossa atenção para o amor. Outra forma de diluir o ciúme e buscar entender porque estamos tão inseguros em relação ao outro, aonde em nós mesmos, há carência de atenção. Porque nós mesmos não damos essa atenção?

Com o ciúmes na área, é o momento de vasculhar os baús interioRes e quem sabe encarar inseguranças, medos e carências… algumas delas podem ser APENAS assombrações do passado.


Please, I do not speak English. I’m using google translator in the posts in consideration of those who follow me in another language. I know the translation is complicated. I’m stop translate, ok?

If you have liked the idea to translater, leave suggestions here

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: