O naipe de Ouros, a Terra

A Terra é um elemento duro, mas passível de ser moldado. Ela pode ser moldada pela água, pelo ar e pelo fogo. A Terra é um elemento construtor e solidificador. Ela possibilita que seja plasmada no plano físico a realidade.

Aliás, o plano físico é o plano do elemento Terra. Os sábios antigos nos ensinaram que nos mundos superiores também existe esse elemento, ainda que de uma forma diferente. O elemento Terra define a forma, a apresentação das coisas e a sua disposição. É do elemento Terra que vem o conceito da ordem e da hierarquia.

Todos devemos saber lidar com a terra. Sei que para muitos isso não é algo tranquilo. Eu, particularmente, já tive muitos problemas com a Terra, até que aprendi que realizar pode ser algo muito prazeiroso.

Lidar com a Terra significa aprender a construir, realizar, organizar. Lidar com a disciplina e a autoridade. Desenvolver uma relação benéfica com a ordem das coisas.

Para iniciar o caminho pelo naipe de Ouros,  que está relacionado com a Terra, é importante se questionar:

Como você lida com a terra? O elemento mesmo. Experimente tocar na terra e sentir o elemento.
Como você lida com ter que fazer coisas?
Com a rotina, as tarefas, o trabalho físico, os exercícios?
Como você lida com o seu corpo?
Você consegue entender o seu corpo e os sinais que ele manda para você?
Consegue sabe quando é dor de cabeça por fome, pela falta de um café, quando é por estresse, uma gripe, pressão alta, ou outra coisa?
Sabe identificar uma dor de barriga por medo, ansiedade, nervosismo ou porque comeu algo estragado?
Você reconhece os sinais do corpo, sabe como o seu corpo conversa com você?

Esse é o primeiro nível do elemento terra: você com o seu próprio corpo. Depois disso vem um outro nível: você com o mundo exterior.

São outras questões:

Você consegue realizar uma tarefa, levar até o fim algo que você se propôs a fazer?

Como você lida com alguém que manda, que ordena, lhe diz como devem ser feitas as coisas?

Você é do gênero que diz que não sabe nada, prefere ficar nos bastidores ou diz que é um sabichão, gosta de estar na frente do palco. Por quê?

Se quiserem podem colocar suas respostas aqui, para um diálogo. Posso responder aqui, ou abrir um novo post.

Pensando num respiro poético…

Lembro-me de uma música de Caetano Veloso, Terra, que remete a uma imagem particular. A Terra como um planeta lindo e apaixonante cheio de seus contrastes e contradições, principalmente trazidas por nós humanos.  Mas também penso no elemento Terra, como um elemento capaz de nos fazer entender o que vem a ser reverenciar, amar a construção e a ordem.

Muitos olham para a Terra como um lugar de expiação e dor, talvez seja esse o grande engano, vai ver devêssemos conseguir ver a Terra como um paraíso do plano físico, a escola para aprender sobre o que vem a ser condensar na matéria…

Para lembrar:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: