2018, um ano de consciência

Um ano de consciência para todos nós. Consciência de quem nós somos e o que carregamos dentro de nós. Que possamos entender que nem sempre é fácil mudar uma qualidade negativa, um hábito. Transcender um medo, entender alguma coisa. Ao perceber nossas próprias limitações e dificuldades podemos entender melhor o processo e as dificuldades do outro.

Entender que todos nós somos seres em evolução, escolhendo caminhos, alguns bons, outras nem tanto. Mas esse é o processo de aprendizado… Não zombe, tripudie ou ataque a escolha do outro. Um dia você pode estar na pele dele… Um ano de tolerância, para que possamos entender as motivações dos outros e a consciência de cada um, ainda que não concordemos com suas escolhas. Não precisamos condená-las. Podemos até lamentar, mas deixar em aberto a possibilidade da vida. Quem sabe o caminho escolhido trará o aprendizado necessário.

Que o ano seja repleto de boas vibrações, de pensamentos positivos, para que possamos nos dedicar a mudança e acreditar nela. Se não acreditarmos que é possível, não conseguiremos começar o movimento. Sem movimento, matamos a mudança e o futuro de dias melhores. Sintonizar no bem, significa pensar com Ele, ouvir com os ouvidos do bem, falar com sua voz.

Se não vibrarmos positivamente, nossa energia ficará a esmo. A tendência ao se andar de forma errática é meter-se em confusões e construir obstáculos desnecessários.

Que tenhamos paciência, com nossas dificuldades e as alheias. Aprendi no meu caminho espiritual que quem tem paciência, sabe. É a paz do saber. Aquele que é paciente sabe esperar porque entende o que significa subir aquela montanha. Cada passo dado, cada pedra no caminho, a sede, o não entendimento, o cansaço físico, o esgotamento mental, o desespero de não conseguir. Só podemos saber como é quando vivemos, assim entenderemos o tempo necessário da subida para cada um na sua própria jornada.

Junto com tudo isso, que possamos olhar mais para as flores, não só para os frutos. Como diziam os sábios egípcios: “As flores alimentam a alma, os frutos alimentam o corpo“.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: