É hora de acessar a memória cósmica

O arcano do Julgamento é a oportunidade de saltar para a liberação da Roda das Encarnações. Nele, podemos ter acesso aos registros cármicos, mas também a toda a história da nossa alma, é um processo de revelação.

Nas cartas xamânicas, relacionada aos índios norte-americanos, a baleia, animal que ilustra o post, representa a memória universal. Jamie Sams, um dos autores do baralho, explica poeticamente: “Baleia…Você conhece todos os poderosos oceanos e o segredo do passado… Ensine-me sua linguagem para que eu possa compreender as raízes da história da gênese do nosso mundo“.

A humanidade está repleta de histórias míticas sobre julgamento da alma. No Antigo Egito se acreditava que a Alma passaria por um julgamento e teria que mostrar que seu coração agiu com verdade em intenções, ações, pensamentos e sentimentos.

Assim, neste misto de julgamento e liberação do arcano, vamos nos dando conta de quem somos, o que aprendemos, quais são as nossas faltas, com quem erramos, ou, pelo menos, quais os erros que cometemos insistentemente ao longo das vidas.

Temos acesso a nossas dores cármicas, isto é, aqueles aprendizados que precisamos revelar, que irão nos libertar e permitir que expressemos plenamente nossa essência. Na verdade, o anjo do arcano sopra a trombeta e nos faz um chamado irresistível para a libertação.

Ao ouvir a melodia da trombeta abafamos os desejos, olhamos para o mundo sem mais ver o mundo. A cortina cai, o véu de Ísis se levanta, a clareza nos preenche. É como se o quebra-cabeça se mostrasse completo. Um quebra-cabeça não só sobre a nossa história, mas de toda a humanidade.

Na antiguidade, dentro das pirâmides, os iniciados egípcios tinham acesso a como tudo começou, a origem das raças e de antes da criação de tudo. Viam o propósito da vida na Terra, reconheciam a estrela da qual tinham vindo. Thot mostrava ao iniciado o futuro, o passado e o presente. A ilusão da vida, ali, mergulhado nas visões místicas da grande pirâmide, passava a fazer sentido.

No momento do arcano do Julgamento, essa revelação feita por Thot se mostra novamente. É como acessar o oceano da memória coletiva da humanidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: