Continuar esticando a corda, não é a melhor opção

Às vezes, esticamos demais a corda. Levamos as situações ao limite, criando uma tensão exacerbada. E a tensão, invariavelmente, se volta contra nós. É como uma força desprendida num cabo de guerra, ou num elástico, puxamos até o limite e uma hora o cabo, ou o elástico, vai se partir e levaremos uma “chicotada”. Sairemos machucados.

Devemos nos perguntar o que nos faz levar algumas situações até o limite. Qual é a necessidade? Queremos testar os limites de quem? Os nossos ou os impostos pela vida? Por que não dar o braço a torcer? Por que é difícil ser aquele que cedeu?

O cabo de guerra pode começar de várias formas, com uma paixão mal resolvida, ou quando temos uma certa indisposição para com uma pessoa. Tudo que ela diz já nos causa desconforto, estamos prontos a fazer uma interjeição, a colocar um empecilho, a ver com maus olhos. Estamos prontos para provocar.

Partindo daí, o estado de provocação, ou de tensão, pode chegar ao nível da agressão física. A questão é: por que chegar até esse ponto é, foi ou será, necessário? O que estamos querendo provar? Para quem? Queremos dizer que somos nós que temos razão? Mas que razão é essa que sente necessidade de levar até as últimas consequências e até se ferir?

Alguns justificam: mas a outra pessoa é estúpida! Ela provoca! Ela é ignorante! Ela merece! A voz dela é irritante! Era melhor que ela nem existisse!

Será que dá para viver desejando que outras pessoas sumam do mapa e deixem de existir? A que nível de intolerância precisamos ir para retornar à razão?! Nós estamos aqui para conviver, tolerar, suportar.

Talvez esteja na hora de soltar o cabo de guerra, largar a necessidade de provar alguma coisa, esquecer essa história de dar a última palavra, de mostrar que sabe, que é melhor. Se é verdade que nos achamos superiores, porque não agir desta forma então? Largue a corda, ceda, baixe a cabeça, não se defenda tanto, se reconecte com aquela parte que realmente importa: sua alma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: