O fluxo contínuo da Temperança

A Temperança. O arcano nos ensina que precisamos aprender a receber e dar, manter o fluxo de forma contínua. Há um movimento constante na vida e é este movimento que nos dá o equilíbrio.

Um peixe não nada em linha reta, o seu movimento é mais um bailado do que um traçado retilíneo. Da mesma forma, alguém que anda numa corda bamba não caminha teso, rígido, ele cede ao balanço, sem, no entanto, exagerar o movimento. Ao cair para a esquerda o equilibrista se joga para a direita, ao cair para a direita, ele se joga para a esquerda e, assim, ele caminha e atravessa o abismo que está abaixo da corda.

O arcano da Temperança nos fala das temperaturas da vida: a indiferença e o amor, o frio e o quente, a paixão e a rejeição. Precisamos aprender a lidar com nossos estados e saber como modificá-los com o poder da vontade.

Thot, também conhecido como Hermes Trismegistus, ensina que todos os conflitos são harmonizados, todos os contrários se encontrão. O desafio da Temperança é encontrar e realizar em si esse ponto médio, esse centro, mas entender também que o movimento é permanente. O equilíbrio, o conforto ou a paz, não podem ser justificativas para a estagnação. O Ser Humano é ativo por natureza e precisa se apaziguar com essa realidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: