A vida é movimento, não trave, nem represe a vida

Tudo está em constante movimento. Afinal, não paramos de respirar, nossas células não param de morrer e renascer a cada dia, não paramos de pensar, sentir. No céu os planetas não param as suas órbitas, uma árvore não para de fazer sua seiva correr. O mundo não para de girar.

Tudo se move e mesmo o que parece estático vibra constantemente. Nem mesmo a morte significa algo parado. Quando algo está se decompondo, vai se transformando em outra coisa. O movimento constante da vida nos ensina, e nos dá uma dica: o crescimento acontece através do movimento.

Mas é preciso entender que o movimento traz em si uma dualidade. Se movimentar significa também estar parado e andando, inspirando e expirando. Além disso, o movimento inclui as pausas. Tudo isto constitui o arco maior do movimento e do crescimento, que fala também de contração e expansão, de ora caminharmos, ora refletirmos, ora mergulharmos no nosso interior e voltarmos à tona renovados. Cada movimento tem uma qualidade dupla, e uma espécie de dom interior, a ser entendido e integrado.

Dentro dessa dinâmica, só não devemos permanecer em um dos movimentos por muito tempo. Na verdade, fazer isso seria como inspirar eternamente. É preciso ousar para avançar além da Roda da Fortuna, para conseguirmos agarrar o firmamento e nos liberar das reencarnações.

O movimento é inerente ao ser humano, e ele pode significar muitas coisas, menos acomodação. Vale ressaltar também que a partir do arcano da Roda começamos as grandes provas da vida. E talvez a grande questão levantada pelo arcano é que nós não temos o controle completo de nossa vida.

O destino é uma força muito maior do que cada um de nós e ele nos ensina que algo pode acontecer inesperadamente e mudar tudo ao nosso redor. Até mesmo quando saímos de casa para ir para o trabalho, não sabemos se vamos chegar ao destino. Por isso a sensação de controle em relação à vida é uma falácia. E por isso, é importante não temer o movimento. Na verdade, devemos estar conscientes que ele tem seus ciclos. E, às vezes, é melhor viver o movimento pedido e até buscar se adiantar a mudança que virá. Então, que o movimento seja constante e sempre em direção ao Alto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: